Secretaria de Saúde divulga orientações sobre aleitamento materno

Entre os dias 1º e 7 de agosto, é celebrada a “Semana Mundial de Aleitamento Materno”. Para este ano o tema é “Proteger a Amamentação é uma responsabilidade de todos”. Para lembrar a data, a supervisora de departamento de Vigilância Nutricional de Córrego Fundo, Fernanda Mendonça de Almeida, abordou a importância e os benefícios do aleitamento materno para o bebê e as mães.
Segundo a nutricionista, quando se fala em amamentação, o foco é sempre a saúde do bebê, mas as mães também recebem diversos benefícios. O aleitamento materno reduz em 13% a mortalidade até os 5 anos. As mamães podem amamentar até 2 anos ou mais e de forma exclusiva até o 6º mês do bebê e a partir daí poderão introduzir a alimentação complementar saudável com a orientação de um profissional nutricionista ou médico pediatra.
Alguns benefícios do leite materno para o bebê são: evita diarreia e infecções respiratórias, diminui o risco de alergias, diabetes, colesterol alto e hipertensão na fase adulta, leva a uma melhor nutrição e reduz a chance de obesidade. É rico em vitaminas, proteínas, carboidrato, gorduras e água. Está sempre pronto e na temperatura adequada, fortalece o sistema imunológico e previne anemia. O ato de amamentar contribui para o desenvolvimento da cavidade bucal do bebê.
Os benefícios para a mamãe são: diminuição das chances de ter problemas cardiovasculares e metabólicos como diabetes, ajuda a perder o peso adquirido na gravidez, reduzi as hemorragias pós-parto e o risco de anemia, protege contra o câncer de mama, de ovário e a osteoporose.
Dicas para o cuidado da alimentação da mamãe durante a amamentação:
• Ter refeições equilibradas ao longo do dia rica em frutas, verduras e legumes e consumir bastante água durante o dia.
• Se houver reação negativa do bebê, pode ser sensibilidade ou alergia alimentar à alguma substancia que a mamãe tenha ingerido.
• Evite refrigerante, alimentos gordurosos, frituras, embutidos, excesso de cafeína e bebidas alcoólicas. Cuide da sua alimentação, o seu corpo precisa de muita energia para produzir leite e amamentar seu bebê.
• Amamentar é um ato de amor, além de criar um vínculo afetivo com o bebê, melhora a autoestima da mamãe ao saber que o bebê está saudável porque está recebendo o alimento ideal e completo que é o seu leite.
• Busque sempre a orientação de uma equipe multidisciplinar.

%d blogueiros gostam disto: