Emater e departamento de Agricultura auxiliam produtor a participar de chamada pública do PNAE

A Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) e o departamento de Agricultura do município apoiam os produtores da agricultura familiar nas ações relativas ao PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). De acordo com a Lei n° 11.947/2009, no mínimo 30% do recurso disponibilizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), deve ser investido em gêneros alimentícios oriundos da agricultura familiar. Com esse apoio, os produtores conseguem participar de chamadas públicas e processos licitatórios e, dessa forma, ampliar seus mercados.

Segundo o técnico da Emater, Marcos Roberto de Souza, nove produtores do município participaram do processo licitatório e comercializarão seus produtos para as escolas municipais. Dentre os produtos produzidos no município que abastecerão as escolas, estão hortaliças em geral, fubás, farinhas, quitandas, frutas e outros

“Apesar de não estar ocorrendo aulas presenciais, estão sendo distribuídos alimentos relativos a merenda escolar aos estudantes. Assim, além do consumo de produtos de qualidade, a economia local é também beneficiada com a circulação de aproximadamente 75 mil reais, até o final do ano”.

O produtor Antônio Marques, da comunidade rural de Córrego Fundo de Baixo, destacou que esse apoio para acesso a novos mercados consumidores contribui muito com aumento da renda e, consequentemente, melhor a qualidade de vida.

Segundo o supervisor do departamento de agricultura, Paulo Ricardo, esse fomento à produção rural também beneficia a melhoria e aprimoramento das produções rurais.

%d blogueiros gostam disto: