Concurso da Campanha Faça Bonito 2021 premia alunos córrego-fundenses

Alunos das escolas municipais de Córrego Fundo foram premiados no concurso da Campanha Faça Bonito 2021. O objetivo foi sensibilizar a sociedade quanto à necessidade de combater o abuso e a exploração de crianças e adolescentes. Organizado pelo Conselho Tutelar, com o apoio da Secretaria de Políticas Sociais, em parceria com as escolas, o concurso premiou as melhores frases alusivas ao tema. Os alunos receberam o material explicativo em casa, onde produziram as frases. Uma comissão foi formada para escolher as melhores produções. Ao final nove frases foram selecionadas e os prêmios foram entregues, em casa, por representantes do Conselho Tutelar, das secretarias de Políticas Sociais e Educação.

Confira os ganhadores e as respectivas frases:

– Renato Fabio de Faria, 5° ano, E.M. Tereza Faria Maria Vaz

Frase: “O silêncio te aprisiona e te mantém refém, por isso fale, denuncie e seja livre!”

– Marcus Vinícius Cazeca Borges, 8° ano, E. M. Rafael José Alves. “Não fique em silêncio, seu barulho salva vidas. Denuncie!”

– Sabrina Brito Silva, 9° ano, E. M. Rafael José Alves. “Não deixe uma dor imensurável apagar um sorriso. Exploração sexual é crime. Proteja as crianças!”

– Ana Julia de Faria Leal, 5° ano, E. M. Tereza Maria de Faria Vaz. “Denuncie! A inocência de uma criança não pode ser tirada pela violência de um adulto.”

– Ana Julia da Silva, 5° ano, E. M. Tereza de Faria Vaz. “Um ato desprezível com sequelas irreversíveis. Denuncie, não sofra calado, não tenha medo!”

– Isabela Luiza de Faria, 5° ano, E. M. Rafael Jose Alves. “Proteja as crianças contra o abuso e a exploração sexual. Converse, ouça, instrua e denuncie!”

– Gabriely Luiza Leal Faria, 6° ano, E. M. Rafael José Alves. “Não se cale, nem se omita! Denuncie! O futuro das crianças depende de nossas ações.

– Marcus Vinícius da Silva Melo, 7º ano, E. M. Rafael José Alves. “Não existe prostituição infantil, crianças não se prostituem. São lamentavelmente exploradas sexualmente no Brasil”.

– Ludimila Maria Faria, 8º ano, E. M. Rafael Jose Alves. “Crianças devem ser respeitadas e não exploradas.”

%d blogueiros gostam disto: