Município adere a Consórcio de Saúde para serviços de atenção secundária e terciária

O município de Córrego Fundo passará a contar com serviços de saúde de atenção secundária e terciária oferecidos por consórcio intermunicipal que viabilizará as demandas médicas da população em curto prazo. A adesão ao ICISMEP – Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba já foi aprovada pela Câmara de Vereadores, no dia 1º de março, sancionada e publicada ontem, 03 de março.

Os serviços oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) no município de Córrego Fundo são voltados à Atenção Primária, quer dizer, voltado para ações de urgência e emergência e acompanhamentos em saúde preventiva, com as Unidades de Saúde, pelos Agentes Comunitários de Saúde, pela Equipe de Saúde da Família (ESF) e pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Por isso, é necessário realizar vínculos com outros municípios para ofertar outros serviços em atenção secundária (assistência nas especialidades básicas, como pediatria, clínica médica, exames específicos, dentre outras) e terciária (serviços ambulatoriais e hospitalares especializados de alta complexidade).

Para ampliar a cobertura da população de Córrego Fundo, tornava-se necessário o estabelecimento de inúmeros convênios com instituições de saúde, para complementar o acesso às demandas da população. Além disso, diante a situação peculiar provocada pela pandemia do novo Coronavírus, os atendimentos pelo SUS em outras localidades tornaram-se restritos em vários segmentos.

A Instituição de Cooperação Intermunicipal do Médio Paraopeba – ICISMEP existe há 16 anos e reúne mais de cinquenta municípios mineiros. Os serviços prestados por meio deste consórcio poderão ser em Córrego Fundo ou em cidades próximas, como Formiga, que tenham infraestrutura adequada para o tipo de procedimento. Há também centros de saúde para condutas médicas especializadas.

Segundo o prefeito Danilo Campos Oliveira, foi feita uma visita técnica à sede do ICISMEP no início do ano, juntamente à secretária de Saúde, Alessandra Lopes Faria, e à Procuradora Municipal, Deis Cristina Alves, na cidade de Betim/MG, para estudo da viabilidade e benefícios da possível adesão ao consórcio. “Verificamos que existe um considerável equilíbrio entre o SUS e o ICISMEP quanto aos valores cobrados por procedimentos médicos; além disso, o custo para a adesão é bastante vantajoso. O objetivo é oferecer uma cobertura ampla de serviços de atenção secundária e terciária à população, sem que isso signifique uma longa fila de espera. Por meio do consórcio, há um rateio de custos e manutenção entre os municípios envolvidos, viabilizando a logística e reduzindo significativamente o custo dos serviços”, explicou o prefeito.

O convênio com o ICISMEP contempla serviços em oftalmologia, otorrinolaringologia, fonoaudiologia, gastroenterologia, angiologia, ortopedia, ultrassonografia, cardiologia, cirurgia geral, neurologia, mamografia, risco cirúrgico, dermatologia, exames laboratoriais, tomografias, ressonâncias, cintilografias, exames anatomopatológicos, bera, implante, telemedicina, entre outros procedimentos.  

%d blogueiros gostam disto: