Secretaria de Saúde de Córrego Fundo divulga alerta do Inca contra dispositivos para fumar

A Secretaria Municipal de Saúde de Córrego Fundo divulga a campanha do Inca (Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva) contra os DEFs, dispositivos eletrônicos para fumar, publicada no dia 10 de dezembro de 2019.

Vinculado ao Ministério da Saúde, o Inca aponta que esses produtos possuem inúmeras substâncias tóxicas, não são seguros para a utilização, além de quadruplicar as chances de jovens começarem a fumar.

Na oportunidade, o Inca divulgou, ainda, uma Nota Técnica em que relata os casos das mais de 2,2 mil internações e 48 mortes nos EUA relacionadas ao uso de DEFs.

Entre os acidentes relatados pelo uso dos DEFs estão: acidentes por explosão das baterias que causam queimaduras, perda de partes do corpo e até morte; ingestão acidental dos líquidos, especialmente por crianças – esses líquidos contêm nicotina e pode ser inalado ou entrar em contato com pele e olhos; princípios de incêndio em residências e em outros locais; e doença pulmonar severa.

O INCA reafirma, assim, seu apoio à manutenção da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nº 46 de 2009, que proíbe a comercialização, a importação e a propaganda de quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar.

%d blogueiros gostam disto: