Saae de Córrego Fundo inicia campanha contra desperdício de água

O SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) está promovendo uma campanha contra o desperdício de água em Córrego Fundo. O objetivo é economizar a água na cidade para que a população não precise ter o abastecimento interrompido pela falta de água.

Segundo o diretor da autarquia, Olavo Roberto Pinto, a longa estiagem, aliada ao desperdício, está afetando o abastecimento de água em todo o município.

“Em Córrego Fundo, o abastecimento de água é feito por poços artesianos, que atendem a cidade e a zona rural. Com a estiagem, existe o risco de que o poços não consigam atender toda as casas, explicou.

Ele explicou que os bairros mais altos da cidade são mais críticos, podendo vir a sofrer, em muito pouco tempo, o racionamento de água. “Estamos estudando fechar a água todos os dias a partir das 18 horas. Quem não economizar pode vir a ficar muito prejudicado, afetando, inclusive outras casas.

Veja algumas dicas para economizar água e evitar o desperdício:

– Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;

– Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;
– Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;
– Na hora do banho, procurar se ensaboar com o chuveiro desligado e procurar tomar banho rápido;
– Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da residência, esta prática polui os rios e dificulta o tratamento da água;
– Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;
– Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;
– Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;
– Reutilizar a água sempre que possível;
– Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;
– Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;
– Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;
– Captar a água da chuva com baldes. Esta água pode ser usada para lavar carros, quintais e regar plantas;
– Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com frequência. Outra dica é cobrir a piscina com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação.

O SAAE disponibilizou o seu telefone (37) 3322-9612 para denúncias de desperdício. Não será necessário se identificar. As denúncias também podem ser feitas na sede do SAAE, na Praça Vigário João Ivo, centro de Córrego Fundo.

%d blogueiros gostam disto: