Oficinas de musicalização têm continuidade em Córrego Fundo

Pelo segundo ano consecutivo têm continuidade as oficinas de musicalização em Córrego Fundo. As aulas de música, oferecidas aos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CRAS (Centro de Referência de Assistência em Social) e abertas à população em Córrego Fundo, contam com 10 grupos de trabalho. Desses, 8 são de violão, 1 de flauta doce e uma do coral de mulheres do grupo Viva Mulher “Sonhos em Canto”.

Mais de 50 alunos passam semanalmente pelas oficinas, na sede da Secretaria de Políticas Sociais, com idades variadas entre 7 e 70 anos.

O professor de música, Tiago Oliveira lembra que além de ensinar um instrumento, as aulas possuem um importante cunho social. “Nas oficinas de música, nós realizamos sonhos. Pessoas que nunca tiveram a oportunidade de aprender um instrumento e achavam que jamais iriam conseguir, agora estão tocando e cantando sozinhas,” conta o professor. “Só tenho a agradecer a oportunidade de desenvolver este trabalho que tem ampliado as perspectivas de tanta gente,” finalizou.

%d blogueiros gostam disto: