Escolas de Córrego Fundo recebem orientação sobre doenças diarreicas

A secretaria de Saúde de Córrego Fundo promoveu uma ação de orientação aos estudantes e profissionais das escolas municipais sobre doenças diarreicas, por meio do setor de Vigilância Sanitária e Unidade de Atenção Primária em Saúde (UAPS) Cristino Antônio de Faria. A atividade foi desenvolvida no dia 15 de março, pelas profissionais Leila Paim, enfermeira, e Brenda da Silva, fiscal de Vigilância Sanitária.

Foram realizadas explanações nas salas de aula, com distribuição de panfleto educativo e abordadas medidas que previnem as doenças.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a doença diarreica aguda é uma síndrome causada por diferentes agentes e se caracteriza pelo aumento do número de evacuações, com fezes aquosas ou de pouca consistência, algumas vezes apresentando sangue ou muco, podendo ser acompanhada por vômitos, febre e dor abdominal e com duração de 2 a 14 dias.

As doenças diarreicas podem ser prevenidas com medidas simples, veja algumas delas a seguir:

– Higiene das mãos (lavar as mãos antes de preparar ou consumir alimentos, após urinar, defecar ou lidar com animais);

– Cuidado com os alimentos (dar preferência a alimentos cozidos, de origem conhecida. Alimentos crus devem ser lavados com água tratada antes do consumo);

– Consumir somente água tratada;

– Lavar e desinfetar as superfícies, utensílios e equipamentos usados na preparação de alimentos, proteger os alimentos e as áreas da cozinha contra insetos, animais de estimação e outros animais (guardar os alimentos em recipientes fechados);

– Não consumir gelo de origem duvidosa;

– Evitar o contato com águas de enchentes ou alagamentos;

– Manter o aleitamento materno aumenta a resistência das crianças contra as diarreias, evitar o desmame precoce.

 

%d blogueiros gostam disto: