Dia Mundial da Água é celebrado em Córrego Fundo

A ação marcou o início de um projeto de revitalização de nascentes no município

 

No dia 22 de março comemorou-se o Dia Mundial da Água, o recurso essencial para a sobrevivência e manutenção da vida e biodiversidade do planeta. Por esta razão, o município de Córrego Fundo teve a iniciativa de celebrar a data com ações de conscientização e preservação ambiental.

Os alunos do 5º ano da Escola Municipal Rafael José Alves, a convite da secretaria de Obras, Meio Ambiente e Desenvolvimento, visitaram uma nascente na região da Comunheira, onde realizaram a revitalização, por meio do plantio de diversas mudas nativas na área considerada de preservação permanente.

Uma das proprietárias do terreno, Isabel Tereza Guimarães da Silva, ressaltou sobre a importância em se desenvolver projetos como este que visam preservar nossos bens naturais e deu total apoio no desenvolvimento desta ação.

Segundo informações da secretaria responsável pela ação, esta iniciativa é um passo inicial para começar um trabalho maior de recuperação das nascentes do município que, há algum tempo, vêm demonstrando sinais de seca. É importante que, a exemplo dos proprietários do terreno da Comunheira, sejam priorizados os recursos naturais e o apoio no desenvolvimento de ações como esta.

A introdução de mudas em Área de Preservação Permanente (APP) é uma estratégia fundamental para alguns casos de recuperação de área degradada. Elas serão responsáveis por atrair pássaros e outros animais dispersores de sementes, trazendo também novas espécies ao local. Além da importante contribuição no reflorestamento da área, as novas mudas também vão contribuir com o aumento da infiltração da água da chuva no solo e vão segurar a terra arrastada pelas chuvas, impedindo o soterramento da nascente. Para a revitalização desta nascente, 100 mudas foram doadas pelo Rotary Clube e Córrego Fundo, que também participou da ação.

 

Projeto de revitalização de nascentes

A partir do dia 26 de março, a secretaria de Obras, Meio Ambiente e Desenvolvimento fará um levantamento das nascentes urbanas por meio de um cadastro. Os proprietários de terrenos com áreas de preservação permanente poderão procurar a secretaria para cadastrar a área. As APP’s cadastradas passarão por uma triagem técnica e, assim, diversas nascentes do município serão revitalizadas, garantindo maior proteção das águas. Para as áreas rurais, o departamento de Meio Ambiente contará com o apoio do departamento de Agricultura e EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) no município, que farão o levantamento das nascentes no perímetro rural.

%d blogueiros gostam disto: