Secretaria de Saúde desenvolve Plano de contingência contra o mosquito transmissor da Dengue

A Secretaria de Saúde em parceria com o setor de endemias e as Unidades Básicas de Saúde, realizaram, nesta última sexta, 16, um mutirão para identificarem os focos do mosquito transmissor da Dengue. Entre os dias 12 e 16 de março, foram confirmados dois casos de Dengue no município de Córrego Fundo. Com o objetivo de impedir a transmissão desordenada do vírus, foi elaborado um plano de contingência envolvendo profissionais de todas as unidades de saúde, UAPS Cristino Antônio de Faria, Padre Dionísio e da Unidade de Pronto Atendimento, e todos os membros do setor de endemias. Uma das ações foi a conscientização em massa de toda a população com o apoio das redes sociais, oficiais da Prefeitura de Córrego Fundo e um carro de som, que rodou pelas ruas da cidade com informações. Foram convocados 25 profissionais para realizarem inspeção dos imóveis e eliminação de criadouros dos bairros Mizael Bernardes e do centro, locais onde foram confirmados os casos. Sete imóveis foram identificados com focos do mosquito. Cinco deles, positivos para o Aedes aegypti.

A Supervisora do setor de endemias, Laudenice Aparecida Leal, explica a importância da população na eliminação dos focos. “Precisamos de todos nesta luta. A população não pode se esquecer de fazer sua parte. Basta tirar apenas 10 minutos do dia para eliminar os criadouros de suas residências, senão o mosquito aproveita para se procriar”. A secretária de saúde, Keli Cristina, reforça o pedido de apoio à população. “Contamos com a dedicação da população para eliminar os possíveis criadouros do mosquito. Precisamos agir juntos, para que possamos combater à Dengue e impedir que o mosquito faça novas vítimas”.

 

%d blogueiros gostam disto: