Emater orienta produtor para uso adequado e econômico da irrigação

O uso correto do sistema de irrigação, bem como o momento adequado para iniciar e desligar o sistema de irrigação, trazem inúmeros benefícios ao produtor rural e ao meio ambiente. Para isso, uma opção prática e barata é o tensiometro caseiro.

Segundo o técnico da EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) no município, Marcos Roberto de Souza, entre os benefícios deste sistema estão a economia de energia, a diminuição no desgaste do sistema de irrigação e evita que o adubo seja escoado pelo excesso de irrigação.

Marcos explicou que se trata de um sistema simples e barato. Ele é feito com vela de filtro de cerâmica, um cubo de seringa, um tubo flexível, como os utilizados na aplicação de soro.

“Um dos tensiometros é instalado mais raso, para informar o momento de iniciar a irrigação e o outro, mais fundo, para indicar o momento de desligar o sistema de irrigação, evitando assim o excesso de umidade. A profundidade de instalação depende de cada cultura”, relatou.

O produtor de banana, José Francisco, da comunidade rural de Córrego Fundo de Baixo, foi um dos produtores que recebeu orientação para confecção de um tensiometro caseiro para controlar a irrigação.

“Fiquei impressionado com a facilidade de uso desse equipamento e também com a eficiência”, disse o produtor José Francisco. “Tive um ganho muito grande depois que comecei a utilizar esse equipamento pois, no início, irrigava as minhas bananas sem nenhum critério, agora sei a hora certa de ligar e desligar o sistema”.

%d blogueiros gostam disto: