PEC será implantado em Córrego Fundo

O PEC (Prontuário Eletrônico do Cidadão) será implantado em Córrego Fundo no mês de fevereiro. Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde tem se mobilizado no sentido de capacitar os profissionais e fornecer informações seguras à população. No dia 02 de janeiro, as equipes de atenção primária à saúde Cristino Antônio de Faria e Padre Dionísio, iniciaram as atividades do ano recebendo treinamento para a implantação do sistema. Na ocasião estiveram presentes os médicos, a equipe de enfermagem e os agentes comunitários de saúde. O treinamento foi realizado pelo consultor responsável pelo suporte tecnológico ao município e auxiliar na implantação do novo sistema de atendimento, Paulo.

 

A implantação desta nova metodologia de atendimento é uma exigência do Ministério da Saúde, estabelecida em meados de 2014. Com a implantação do PEC, todos os cidadãos residentes em Córrego Fundo serão cadastrados no sistema on-line, por meio de seus agentes, sendo que todas as informações do paciente, de sua família e de seu domicílio, estarão disponíveis na base eletrônica, o que otimizará o atendimento, promoverá segurança e maior acessibilidade da equipe multiprofissional aos dados do usuário dos serviços do SUS.

 

Segundo o coordenador da Atenção Primária, Douglas Araújo, ainda há em Córrego Fundo, muitos usuários que ainda não atualizaram o cartão nacional do SUS. “Toda população deve estar atenta, buscando atualizar seu cartão na Secretaria de Saúde, evitando, assim, transtornos futuros quando necessitarem de atendimento”, alertou o coordenador. Ele explica que, com a implantação do PEC, será obrigatória a apresentação do cartão do SUS, para que o cidadão possa ser atendido nas unidades de saúde.

 

Durante todo o mês de janeiro os agentes comunitários de saúde realizaram a atualização dos cadastros da população. Todos os cartões devem iniciar com o número 7. Está programado para o dia 5 de fevereiro a primeira prévia com todos os profissionais de saúde, para verificar se foi possível cadastrar pelo menos 90% da população. Esse número foi estipulado na primeira reunião, visando facilitar o teste piloto no sistema eletrônico que será realizado em fevereiro. O início das atividades está previsto para o mês de março.

%d blogueiros gostam disto: