Emater orienta produtores do Município

A Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) possui um trabalho contínuo de orientação aos produtores córrego-fundenses. Uma das abordagens feita pelo órgão é a divisão de piquetes nas pastagens.

Segundo o técnico da Emater no município, Marcos Roberto de Souza, dividir a pastagem em piquetes é uma forma de controlar o pastejo dos animais, permitindo o acesso ao pasto somente no momento ideal de consumo, sabendo a hora certa de retirar os animais. “O que evita o desgaste do pasto, pois todo pasto, após ser pastejado, necessita de um tempo para crescer novamente, promovendo a reserva de nutrientes nas raízes,” explica Marcos. Conforme o técnico, esse tempo varia de acordo com a gramínea que forma esse pasto. “No pastejo extensivo esse tempo não é respeitado. Além disso, a degradação da pastagem, originada por superpastejo em certas áreas da pastagem, enquanto sobra pasto em outras, diminui a vida útil do pasto, além de proporcionar um menor aproveitamento da pastagem pelos animais.

Um dos produtores contemplados pela ação é Marcos Vinícius Riberio, da comunidade Padre Doutor. Segundo ele, depois que a Emater orientou quanto à divisão dos piquetes na pastagem, houve uma melhora significativa na produção de leite. “Dá até gosto ver as vacas no pasto,” afirmou o produtor. “O resultado eu já percebi no curral, que é o balde de leite cheio!” finalizou.

%d blogueiros gostam disto: