Produtor Rural de Córrego Fundo começa a comercializar café para o Estado

O produtor João Batista de Faria, de Córrego Fundo, passou a comercializar café com o Estado de Minas Gerais, através do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar do Governo Estadual, com o apoio da EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural).

A primeira entrega ocorreu no mês de agosto. Segundo Marcos Roberto de Souza, técnico da EMATER no município, o PAA Familiar é uma política estadual de aquisição de alimentos da agricultura familiar, com dispensa de licitação, instituída por Lei Federal.

O técnico explicou que a venda foi realizada através do contrato de fornecimento para a Superintendência Regional de Ensino de Pará de Minas e toda a compra do café ofertada nessa chamada pública foi absolvida pelo produtor rural que fechou contrato de fornecimento de 100% do café demandado.

Conforme informações da EMATER, o produtor já recebia assistência técnica da empresa, inclusive na legalização de seus produtos. Nesta chamada, o produtor recebeu o apoio na montagem da proposta de venda, bem como na documentação necessária para participação dessa chamada, inclusive já começou a fornecer seu produto para a Superintendência.

De acordo com o supervisor do Departamento de Agricultura do Município, Rafael Júnior Silva, além da renda direta do produtor com a venda de seus produtos, o município também ganha com a circulação de recursos vindos do estado.

O produtor João Batista de Faria comentou sobre a importância do papel da EMATER para conseguir fechar esse contrato. “Tive total apoio da EMATER, inclusive foi através dela que fui informado sobre esta chamada pública. Como meu produto já é legalizado junto à Vigilância Sanitária do município, legalização que também consegui com o apoio da empresa, foi possível fechar o contrato com o estado. Estou muito satisfeito e feliz”.

%d blogueiros gostam disto: