Prefeita realiza nova reunião sobre implantação de filtros em fornos de barranco

A Prefeita de Córrego Fundo, Érica Leão e a vice Jaine Rodrigues, reuniram-se na tarde do dia 27 de julho, com industriários do ramo da cal. A reunião ocorreu no Salão de Reuniões da Prefeitura e contou ainda com as presenças do vereador Valdir Faria e a secretária de Saúde Keli Cristina da Silva. O objetivo foi discutir sobre a exigência do Ministério Público para que os fornos de cal semicontinuos, também conhecidos como “fornos de barranco”, coloquem exaustor e filtro em suas chaminés. A exigência do Ministério Público baseia-se no problema da poluição e interfere, diretamente, na fonte geradora de renda dos moradores da cidade.

A reunião teve início com a composição da mesa de autoridades, que contou com a presença da Prefeita, da vice e do vereador Valdir Faria. Após uma oração, Érica Leão agradeceu a presença de todos e fez uma retrospectiva com a leitura da ata da reunião do dia 17 de março. No decorrer da reunião, a pedido da prefeita, sete dos empresários presentes afirmaram já ter feito a implantação dos filtros atendendo à Deliberação Normativa do COPAM nº 190 de 2013, sendo que seis deles se encontram em análise.

A Administração mostrou preocupação com o andamento das providências em atender à deliberação, apresentando a recomendação enviada pelo Ministério Público ao Superintendente Regional do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Alto São Francisco – SUPRAM/ASF e o artigo 3º da Lei 6.938 de 1981 que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente. A secretária de Saúde, Keli Cristina da Silva fez uma explanação sobre a saúde dos cidadãos do município, conforme os índices do Ministério da Saúde.

Ao final da reunião, as empresas se prontificaram a atender ao que foi solicitado encaminhando à Administração os projetos com ART e laudos técnicos que serão protocolados junto à Promotoria e Supram anexados às atas das reuniões. Segundo a Prefeita é de fundamental importância que a Administração se coloque como ponte entre o Ministério Público e os empreendedores, orientando sobre as necessidades do setor em atendimento à legislação e às normas referentes à atividade caieira. “Dessa forma, fomentamos a economia de Córrego Fundo de forma sustentável, promovendo o real progresso do município,” finalizou Érica Leão.

%d blogueiros gostam disto: