Equipes do NASF e Agentes de Saúde reúnem-se para atuação em conjunto

As equipes do NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família – e agentes comunitários de saúde de Córrego Fundo tiveram uma reunião no mês de março para preparação de atuação conjunta. A atividade ocorreu na UAPS (Unidade de Atenção Primária em Saúde) Padre Dionísio, em Córrego Fundo de cima, e contou com a presença das enfermeiras responsáveis, agentes comunitárias de saúde de todo município, com o apoio dos demais profissionais do NASF.

Segundo a coordenadora do NASF, Gabriela Flávia de Faria, a reunião teve como objetivo esclarecer para as agentes de saúde sobre como funciona o trabalho do NASF dentro do município e pedir o apoio das mesmas para a divulgação dos grupos dentro da comunidade. Na ocasião, também foram divulgados os cronogramas dos grupos operativos e também específicos dos profissionais do NASF.

A reunião foi realizada pela coordenadora do NASF, com o apoio dos demais profissionais que o compõe.

NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família

Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) foram criados pelo Ministério da Saúde em 2008 com o objetivo de apoiar a consolidação da Atenção Básica no Brasil, ampliando as ofertas de saúde na rede de serviços, assim como a resolutividade, a abrangência e o alvo das ações.

Configuram-se como equipes multiprofissionais que atuam de forma integrada com as equipes de Saúde da Família (eSF), e demais equipes que atuam na atenção básica para populações.

Esta atuação integrada permite realizar discussões de casos clínicos, possibilita o atendimento compartilhado entre profissionais tanto na Unidade de Saúde como nas visitas domiciliares, permite a construção conjunta de projetos terapêuticos de forma que amplia e qualifica as intervenções no território e na saúde de grupos populacionais. Essas ações de saúde também podem ser intersetoriais, com foco prioritário nas ações de prevenção e promoção da saúde.

Atuação do NASF

A atuação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família é integrada com as equipes de saúde da família das unidades de saúde, porém funciona de forma complementar, visando principalmente a atuação preventiva.

Nas suas atividades, há reuniões de grupos operativos, como de gestantes, diabéticos, crianças e hipertensos; bem como grupos específicos, de acordo com as especialidades dos profissionais da unidade. Além das reuniões de grupos, há também a atuação individual com os pacientes.

Os grupos operativos e específicos atuam mensalmente nas duas unidades de saúde do município, “Padre Dionísio” e “Cristino Antônio de Faria”. O cronograma para o mês de abril é experimental. Poderão ocorrer mudanças e implantação de outros grupos e em outras unidades.

 

grupos operativos

grupos especificos

%d blogueiros gostam disto: