80% das mulheres consideradas na faixa de risco realizaram o exame de mamografia em Córrego Fundo

A Secretaria de Saúde de Córrego Fundo divulgou nesta semana um balanço de exames de mamografia realizados pelas mulheres através do Sistema Único de Saúde em 2015. A faixa de risco definida pelo Ministério da Saúde inclui mulheres com idades entre 50 e 69 anos, e, em Córrego Fundo, 375 mulheres nesta faixa etária utilizaram o sistema público de saúde para realizar os exames, totalizando 80% da população de mulheres, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Somado aos exames de mulheres nas demais faixas etárias através dos serviços públicos de saúde, 94 procedimentos, Córrego Fundo possibilitou a realização de 469 exames de mamografia em 2015.

A população de Córrego Fundo conforme o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010 é de 5.790 habitantes. O Instituto destaca que mulheres com faixa etária compreendida entre 50 a 69 anos, totalizam 474. “Sabemos que o indicador do IBGE deve ter sofrido modificações, porém, o número alcançado pelas estratégias de controle de Câncer de Mama neste período aproximou de 80% da população de mulheres nesta faixa etária. Existe ainda, por parte de muitas mulheres, receio ou constrangimento para a realização do exame. Diante desta realidade, as equipes de atenção primária desenvolvem um importante trabalho de conscientização, para que possa aumentar ainda mais o índice de prevenção ao câncer de mama no município.” comentou o secretário.

Em 2015, os exames de mamografia para a população de Córrego Fundo foram realizados nos municípios de Arcos e Santo Antônio do Monte e na Unidade Móvel de Mamografia da Secretaria Estadual de Saúde, que esteve por uma semana no município. Segundo o secretário de Saúde, Diequison Cunha, em Córrego Fundo não há demanda reprimida para exames desta natureza para mulheres que estão na faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde e o município oferece o transporte gratuito às pacientes do município.

“É importante ressaltar que as mulheres na faixa etária considerada de risco pelo Ministério da Saúde, de 50 a 69 anos, não encontram burocracia para o agendamento do exame. Córrego Fundo por meio da secretaria de Saúde, sempre disponibiliza transporte para as pacientes se deslocarem para as cidades vizinhas”, explicou o secretário, que destacou ainda que as demais faixas etárias também têm acompanhamento e encaminhamento de acordo com o quadro clínico preconizado pelo Sistema Único de Saúde.

O prefeito José Leão comemorou o resultado do balanço. “É de conhecimento popular que o câncer de mama é uma doença grave que tem alto índice de mortalidade entre as mulheres. Fico satisfeito em constatar a qualidade do trabalho preventivo realizado em nossa cidade, inclusive das enfermeiras e das Agentes de Saúde do município, que atuam com muita dedicação.”, comentou.

 

%d blogueiros gostam disto: