Prefeitura de Córrego Fundo adere a protesto de municípios mineiros

A prefeitura ficará fechada no dia 24 de agosto, próxima segunda-feira, e apenas os serviços de saúde, coleta de lixo e aulas escolares serão mantidas

A Prefeitura de Córrego Fundo irá somar esforços junto às prefeituras mineiras para protestar junto aos governos estadual e federal para solicitar o cumprimento das responsabilidades com os municípios e aumento no repasse das verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Com o protesto, parte das prefeituras mineiras ficará fechada na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto.

De acordo com a secretaria de Administração, Contabilidade e Fazenda, a Prefeitura de Córrego Fundo está vivenciando de forma estável a atual crise financeira vivida pelo país. “Estamos conseguindo equilibrar nossas contas e até mesmo mantendo alguns projetos para investimentos. A nossa adesão tem a ver com a demanda por repasses que financiam o desenvolvimento da cidade, execução de obras de infraestrutura e prestação de serviços para a população. O momento requer união de forças para que as cidades possam se fortalecer e assim fortalecer o estado e o país”, destacou a secretária Vadna Maria Leão.

A paralização não irá comprometer os serviços de coleta de lixo e limpeza urbana. Na área da saúde, a Unidade de Pronto Atendimento irá funcionar normalmente. Também será mantida a rotina escolar da Rede Municipal de Ensino.

De acordo com o site da Associação Mineira de Municípios (AMM), cerca de 600 prefeituras já confirmaram a paralização. O movimento “Crise nos municípios: prefeituras de Minas param por você”, apoiado pela Associação Mineira de Municípios (AMM), tem por finalidade pressionar os governos federal e estadual para o cumprimento das responsabilidades com os municípios, além disso, estão entre as reivindicações a recuperação do Fundo de Participação de Municípios (FPM), a redistribuição da arrecadação de impostos, definição dos repasses pendentes dos convênios entre a União, estados e municípios e revisão do Pacto Federativo.

 

%d blogueiros gostam disto: