Interesses de Córrego Fundo são tratados em reunião na Funasa

No dia 24 de fevereiro, uma comitiva de representantes de Córrego Fundo dirigiu-se a Belo Horizonte para reuniões na FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) de Minas Gerais. Na ocasião, tratou-se do projeto de esgotamento sanitário e do Plano de Saneamento do município.

Foram realizadas duas reuniões. Participaram a secretária de Desenvolvimento, Cultura, Esporte e Lazer, Oneida dos Anjos Fonseca; o secretário de Meio Ambiente, Geraldo André da Costa; e o diretor do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), José Mendes da Silveira.

Sobre o esgotamento sanitário de Córrego Fundo, o assunto foi tratado com o engenheiro da FUNASA, Renato Ribeiro, que é responsável pela análise dos projetos. No ano passado, o município assinou um convênio de mais de 4 milhões de reais, para obras referentes a rede de esgoto na cidade, compreendendo para a construção de um interceptor de esgoto na Rua do Chiba; de uma estação elevatória para bombear os esgoto para a Estação de Tratamento; e construção de 5.506 metros de rede coletora no município; e 615 ramais de esgoto na cidade. Durante a reunião, foram apresentados os projetos municipais para serem avaliados e aprovados, para, posteriormente receberem a liberação do recurso e, finalmente, tratar da execução das obras.

Em outro momento, o grupo reuniu-se com o engenheiro Sérgio Abucater, que é analista técnico da FUNASA, para entregar o Plano de Saneamento do município, concluído no início deste ano. O Plano de Saneamento foi elaborado por uma empresa especializada, e contou com a participação popular, através da realização de reuniões públicas.

O Plano de Saneamento será avaliado pelo analista técnico para verificar se sua conformação está de acordo com as exigências da Fundação de Saúde. O Plano de Saneamento de um município é um instrumento para planejamento de ações nas áreas de saneamento básico, como drenagem pluvial, tratamento de água, de esgoto e de resíduos sólidos no município.

De acordo com o diretor do SAAE no município, José Mendes da Silveira, com o plano de Saneamento, Córrego Fundo poderá receber verbas estaduais e federais para serem investidas em ações na cidade.

 

 

%d blogueiros gostam disto: