Secretaria de Saúde realiza palestras sobre Saúde do Trabalhador em empresa de fertilizantes

 

No mês de agosto, a Secretaria de Saúde de Córrego Fundo promoveu duas palestras para funcionários da empresa Minasgran, que atua no setor da indústria e comércio de fertilizantes, com o objetivo de promover a saúde dos trabalhadores. No dia 19, o secretário de Saúde e fisioterapeuta, Diequison da Cunha, falou sobre Qualidade de Vida. Já no dia 21, a psicóloga Leila Fagundes Silva, abordou o tema “Abuso de Álcool e Trabalho”. Participaram das palestras aproximadamente 40 pessoas.

Em relação ao tema Qualidade de Vida, Diequison abordou a importância de associar o bem-estar físico aos demais fatores que contribuem para a qualidade de vida, como equilíbrio ligado ao trabalho, lazer, relações de convivência de forma geral, dentre outros. Enfatizou os riscos do sedentarismo e da má-alimentação e orientou sobre os cuidados em equilibrar o consumo e o gasto de energia diário. Tratou também sobre aspectos como estresse, tabagismo, além de orientar sobre exercícios sobre o corpo e a mente. Ao final o secretário de Saúde promoveu uma ginástica corporal, promovendo o alongamento dos participantes.

“O alongamento é um excelente recurso para aliviar a tensão muscular, alcançar sensação de bem-estar, diminuir a carga do trabalho e amenizar o cansaço. A sugestão é que os profissionais façam séries de alongamentos durante a jornada de trabalho”.

A palestra “Abuso de Álcool e Trabalho”, promovida pela psicóloga Leila apontou que o estado de tensão pode levar ao abuso do consumo de álcool e outras drogas e que, consequentemente, “o uso abusivo de álcool ocasiona não só prejuízos pessoais e familiares, mas também prejuízos no ambiente profissional, como a diminuição da produtividade, aumento do absenteísmo (falta ao trabalho), maior probabilidade de acidentes no trabalho, dentre outros”, comentou a psicóloga.

Leila observou que as mulheres acabam sendo mais prejudicadas, em comparação com os homens, quando se trata do impacto da demanda excessiva de trabalho, pois frequentemente vivenciam uma dupla jornada, e destacou que os prejuízos do uso de álcool no ambiente de trabalho são responsáveis por acarretar enormes custos para a economia do país.

 

%d blogueiros gostam disto: