Diretor do SAAE de Córrego Fundo faz alerta contra o desperdício de água

Nesta semana, o diretor do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Córrego Fundo, José Mendes da Silveira, fez um alerta sobre os cuidados que a população deve ter para evitar o desperdício de água. Segundo explicou, o período de seca está afetando a região e muitas nascentes que abastecem a cidade estão secas.

“As nascentes da cidade, como as do Córrego da Divisa, Barro Preto, Vargem Grande, Rua do Chiba, Sobradinho e Comunheira, estão secas. Algumas cisternas em que nunca faltaram água, também estão”, declarou o diretor do SAAE.

José Mendes explicou que o abastecimento na cidade hoje é feito por poços artesianos. Porém, destacou que as pessoas devem evitar o desperdício, já que as fontes de água da cidade estão escassas. Outro aspecto apontado pelo diretor do SAAE é que deverão haver ainda três meses de seca, considerando que as chuvas começam a ser mais intensas a partir de dezembro. “O cuidado dos córrego-fundenses hoje poderá contribuir para que não falte água durante este período”, observou.

Segundo José Mendes, o SAAE, nos últimos três meses, fez aproximadamente 120 instalações de redes e ligações em comunidades rurais e no perímetro urbano que antes se mantinham com minas e cisternas próprias e que agora precisam do serviço de abastecimento municipal.

 

Dicas de como economizar água (consumo consciente de água):
  • Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;
  • Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;
  • Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;
  • Na hora do banho, procurar se ensaboar com o chuveiro desligado e procurar tomar banho rápido;
  • Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da residência, esta prática polui os rios e dificulta o tratamento da água;
  • Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;
  • Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;
  • Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;
  • Reutilizar a água sempre que possível; 
  • Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;
  • Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;
  • Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;
  • Captar a água da chuva com baldes. Esta água pode ser usada para lavar carros, quintais e regar plantas;
  • Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com frequência. Outra dica é cobrir a piscina com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação;

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: